ALYSSA BUSTAMANTE - Curiosidade pelo mal OS VÍDEOS MAIS BIZARROS DA INTERNET 5 CRIANÇAS DO SHOW DE HORRORES A MALDIÇÃO DA RESIDÊNCIA HILL

Mãe de Michael Jackson teme que netos sejam filhos do dermatologista que cuidava do artista

Os advogados da mãe de Michael Jackson, Katherine Jackson, estão preocupados com o que a ex-mulher do pop star Debbie Rowe irá falar sobre a paternidade dos filhos durante o julgamento que investiga o suposto homicídio culposo envolvendo a produtora AEG Live.

A poucos dias da audiência, os advogados de Katherine estão atrás dos inquéritos com os depoimentos de Rowe, para saber o que ela disse sobre a paternidade de Prince e Paris, os filhos que ela teve enquanto era casada com Michael Jackson. A informação é do site TMZ.

Segundo fontes ligadas a mãe do Rei do Pop, Debbie pretende revelar que o músico não é pai biológico de Paris e Prince. Debbie será testemunha tanto de Katherine como da empresa AEG Live. Segundo a revista "US Weekly", o verdadeiro pai das crianças é Arnold Klein, o dermatologista que cuidava do artista em uma clínica de Los Angeles.

Ainda segundo o site, os advogados de Katherine estão interessados no depoimento de Debbie, pois ela é a única que sabe a verdade sobre a paternidade. Eles acreditam que a AEG Live tentará provar que os adolescentes não têm nenhum vínculo com o cantor, o que poderia mudar o rumo das investigações.
De acordo com a publicação, os advogados da produtora recolheram um depoimento da ex-mulher, mas não teriam perguntando sobre a paternidade das crianças.
Entenda o caso
Katherine Jackson, mãe de Michael, acusa a AEG Live de não investigar adequadamente o ex-médico Conrad Murray, condenado a quatro anos de prisão por homicídio culposo do astro.
O julgamento vai revisitar os últimos dias do cantor, suas lutas com a insônia e os medicamentos prescritos por Murray.
A família Jackson está pedindo US$ 40 bilhões, mas os jurados ainda irão avaliar a quantia. O julgamento também pode determinar que Michael Jackson foi  responsável por sua morte e limitar a indenização que sua família pode receber.
*Com informações da Associated Press