ALYSSA BUSTAMANTE - Curiosidade pelo mal OS VÍDEOS MAIS BIZARROS DA INTERNET 5 CRIANÇAS DO SHOW DE HORRORES A MALDIÇÃO DA RESIDÊNCIA HILL

Fiel ao rock básico, Forgotten Boys lança disco no Studio SP

A banda paulistana Forgotten Boys lança o álbum "Taste It" em show nesta quinta (19), no Studio SP. A apresentação também vai comemorar o prêmio recebido no mês passado: foi eleito melhor grupo de música popular de 2011 pela Associação Paulista dos Críticos de Arte.

A noite terá ainda o Vespas Mandarinas, grupo novo que tem como integrante Chuck Hipolitho, ex-Forgotten Boys.

"Taste It" é o quinto álbum de uma discografia que inclui também CDs divididos com bandas latino-americanas e várias participações em coletâneas independentes.

"Acho que passamos por todos os selos que valem a pena no underground", conta Gustavo Riviera, cantor, guitarrista e fundador da banda em 1997. Depois de mudanças recentes na formação, o Forgotten Boys sobe ao palco agora com Riviera, Zé Mazzei (baixo), Thiago Sierra (bateria), Paulo Kishimoto (teclados) e Dionisio Dazul (guitarra).

A noite será a estreia de Thiago Sierra em São Paulo, depois de shows no interior do Estado. "Não lançamos disco desde 2008. Houve esse período de mudanças que, no fim, acho que fez bem à banda", conta Riviera.

Os dois álbuns anteriores, "Stand By The D.A.N.C.E." (2005) e "Louva-A-Deus" (2008), traziam algumas faixas com letras em português. Em "Taste It", o disco todo é cantado em inglês, como no começo da carreira do grupo.

Riviera, que escreve as letras, diz que não foi uma coisa premeditada. "Não tivemos a intenção de fazer esse disco só em inglês. As músicas foram saindo e não apareceu nenhuma com letra em português. Se tivesse alguma, estaria no álbum."
O repertório do show, embora baseado nas 11 faixas de "Taste It", vai contemplar todas as fases da banda e pode ter canções em português. "Na verdade, a gente acha legal cantar em inglês, é bom para o rock", diz o vocalista.
Forgotten Boys é muito rock and roll. Nos 15 anos de carreira, esteve fiel a um som básico de guitarra que entrega influências de Ramones, MC5 e Stooges. Mas o estilo direto não pode ser confundido com simplicidade. Há uma riqueza de riffs e timbres que lembram os momentos mais "garagem" dos Rolling Stones.
A trajetória consistente e regular do Forgotten Boys não teve um grande estouro. Com "Stand By the D.A.N.C.E.", a exposição na mídia foi um pouco maior, mas nem tanto.
"Acho que se tivesse a intenção de estourar não estaria fazendo isso há tanto tempo. Mesmo se estourar, vou continuar fazendo o rock que faço, sem dúvida. Nossa música é uma alternativa para quem não quer escutar só o que está grande mídia", diz Riviera.

FORGOTTEN BOYS e VESPAS MANDARINAS
QUANDO quinta (19), às 23h
ONDE Studio SP (r. Augusta, 591, Consolação, tel. 0/xx/11/3129-7040)
QUANTO R$ 20
CLASSIFICAÇÃO 18 anos


Nenhum comentário:

Postar um comentário