ALYSSA BUSTAMANTE - Curiosidade pelo mal OS VÍDEOS MAIS BIZARROS DA INTERNET 5 CRIANÇAS DO SHOW DE HORRORES A MALDIÇÃO DA RESIDÊNCIA HILL

Boca Club






A Rua Augusta em São Paulo é o reduto da boemia, não a cerveja, mas do pessoal que quer curtir uma noitada.
Dentre pessoas que querem pegar umas às outras*no bom sentido é claro*, existem aqueles que saem somente para beber, somente para ver os amigos, fazer novos amigos, outros somente para se acabar de beber e ficar caído o resto do resto da noite num canto da calçada. Enfim, dentre todos esses tipos da Augusta, esta semana vou falar de um povo que está escondido, disfarçado, privativo entre todos, os fetichistas.

Comemorando um ano, o Exotic Fetish, que organizou sua última festa comentada neste site no Avesso, desta vez, ainda na mesma rua, comemorou um ano de existência no Boca Club. Um lugar novo para a festa, mas mesmo assim ainda ficou muito a caráter. Cheguei lá pouco depois da festa já ter começado, recebido otimamente por Cris e Lady Hell, entrei. A festa ocorria no andar superior do Boca, embaixo rolava evento normal da casa com discotecagem variada, no andar de cima, em meio a tendas mantendo um ar de mistério, logo avistei o anfitrião Mestre Lenhard.*Com sua super máscara de borracha*

Nesse momento a discotecagem ficava à cargo de Mr Work, DJ da web radio Black Fire Station, rolando EBM para aquecer os músculos do público. Logo em seguida DJ Berzerk assume os CDJs, tocando industrial e fazendo um especial Rammstein como eu nunca havia presenciado antes. Acredito que você jamais deve ter pensado que rolava esse tipo de som em uma festa fetichista né? *aliás, tenho certeza que muita gente nem faz idéia do tipo de som que rola num evento desses rsrsrs.*

Bebidas à preços padrões da Augusta, como a típica lata de cerveja a R$5.00 e outras bebidas ótimas disponíveis à venda como Wiskey Black Label, tudo isso fazia do bar um lugar bastante freqüentado para a única atendente dar conta às pressas, sim ela ficou na correria quase a noite toda! Olha que o povo variava bastante nas bebidas, uns chegando a montar seus próprios drinks com as misturas possíveis no local.

O ambiente da casa, além do ar de mistério, como já citado, sempre à meia luz, com pufs, bancos, cadeiras, luzes coloridas, algemas presas no teto com correntes que desciam á altura para pessoas prenderem umas às outras, nas paredes fotografias de cenas de sadomasoquismo, mulheres seminuas amarradas e coisinhas mais, compunham uma cena exótica completando-se com um pequeno Dark Room, onde o fetiche do público poderia ser liberado á qualquer momento.*no fim do vídeo tem o relato do que rolava lá*

Mais tarde tem início a discotecagem de anos 80, tocando clássicos que animaram a pista assim como o show da banda EBM Homicide Division, que como em todas as apresentações, sempre mostram energia de sobra do começo ao fim de cada Show.

A parte crucial da festa foi a performance regida pelo próprio Lenhard e sua escrava de fetiches. No meio da pista com cálices e velas com fogo, o que se iniciou com batidas de palmatória nos glúteos da garota, passando por pingar vela e dominar pelos cabelos, terminou com colocar fogo na pele da moça! Calma! Não foi tentativa de homicídio não. Ele passava nela u bastão umedecido em álcool e colocava fogo para que ela sentisse por questão de segundos sua pele queimar. Uma apresentação real do que é o verdadeiro fetichismo, diferente da, *peço perdão pela palavra*, putaria que acontece em outros eventos que tentam copiar uma coisa fetichista, rsrs.

O pessoal do Exotic Fetish está crescendo pela qualidade de seus eventos, realizam suas festas levando a proposta a sério, cuidando também sempre bem do seu público, com lugares aconchegantes escolhidos, tratando cada pessoa como um velho amigo. Foi uma noite que valeu a pena mais uma vez, conhecer sempre mais de perto as coisas diferentes que a noite tem a oferecer, contando também com ótimas piadas que surgiram na área de fumantes, contadas pelo DJ Mr Work, rsrrss. Se você gostaria de conferir mais como foi o clima da festa, veja o vídeo logo acima deste texto e se quiser opine logo abaixo do texto.

Frase da semana: Eu estou tomando Wiskey, então foda-se... (Dj Mr Work, rindo e apreciando Black Label)

Agradecimentos:

Lenhard, pelo Vip;
Lady Hell e Cris, pela simpatia;
Leonardo, pela carona;


2 comentários:

  1. ~ ehhh gosteii hein Milhoo .. videoozinho tentador ... achoo q fikei mais curiosa :)

    Beijuxxx Reh :P

    ResponderExcluir
  2. muito bom, gostei da festa

    ResponderExcluir